Fermento Caseiro

Fermento em Pó Caseiro: a Receita!

PARTILHAR :

Share on facebook
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

IR PARA :

Como fazer Fermento em Pó Caseiro

Deixamos acabar o fermento! Será que é possível fazer o meu próprio fermento em pó?

Sim é possível! E muito fácil desde que na despensa existam estes 2 ingredientes: Bicarbonato de Sódio e Cremor Tártaro, que depois de feito desta forma deve ser utilizado de imediato, se por outro lado quisermos guardar o nosso fermento até 3 meses, adicionaremos o amido de milho que funciona como estabilizador, absorvendo a humidade e impedindo a reação química antes de tempo.

O que é Fermento em Pó?

É uma substância composta que resulta da mistura de bicarbonato de sódio, cremor tártaro e, na maioria dos casos, de amido de milho.

Sendo o cremor tártaro um ácido seco, neutraliza o sabor e promove a reação necessária ao bicarbonato de sódio (base) para se forme o dióxido de carbono, as bolinhas de ar tão necessárias para que os bolos fiquem altos e fofos .

O fermento químico em pó precisa de liquido para que ocorra a reação necessária à formação de dióxido de carbono (enquanto ambos os componentes se mantiverem secos estão inactivos) e calor. É por este motivo que os bolos só crescem quando expostos ao calor a temperaturas superiores a 60ºC (dentro do forno).

Se quiseres saber mais sobre as diferenças entre o Fermento em pó e o Bicarbonato de Sódio e como se comportam nas nossas receitas, lê este artigo: Fermento em Pó e Bicarbonato de Sódio: O que são e como utilizar?

Uma nota para os mais curiosos e para aqueles que já se cruzaram com receitas que pedem fermento de ação dupla (comum sobretudo nas receitas americanas) 

Tanto quanto sei, o fermento que utilizamos por cá também é de ação dupla, precisa de humidade e de calor que são as duas condicionantes para que funcione, embora não venha identificado na embalagem como acontece com o americano e que pode causar alguma confusão.

Assim, um fermento de ação dupla, vê a reação química ocorrer em duas fases. A 1ª ocorre quando o fermento entra em contacto com o liquido, ou com os ingredientes húmidos da receita, sendo esta a razão pela qual, por norma, o conselho é de que o fermento seja adicionado por último na receita.

A 2ª ocorre quando a mistura é exposta ao calor.

A minha experiência é de que, não estando o ambiente em que estou a cozinhar muito quente, o fermento químico em pó não tem força suficiente para prejudicar uma massa que precisa de esperar um pouco para entrar no forno. Muitas são as vezes, em que a batedeira tem capacidade para preparar mais massa do que aquela que consigo cozer no forno doméstico, a que fica à espera, fica no frigorifico (se o ambiente estiver quente, e na dúvida é de colocar no frigorífico) e quando volta a haver espaço no forno vai direta do frigorifico para o forno sem qualquer alteração no resultado final obtido.

Agora que já percebemos o que é, como se comporta e de que é feito, passemos à receita!

Fermento Caseiro - Ingredientes

Fermento em Pó Caseiro: a Receita!

Preparação: 5 Minutos

Rendimento: 100gr

Pronto em: 5m  

Ingredientes:
  • 50gr de cremor tártaro

  • 25gr bicarbonato de sódio

  • 25gr amido de milho (facultativo e que pode ser substituído por fécula de batata ou araruta em pó em igual quantidade)

Como Fazer:

  1. Colocar tudo numa taça e misturar muito bem.
  2. Guardar num frasco muito bem fechado, em local seco e preferencialmente escuro, com indicação do dia em que foi produzido.

Validade: 3 meses

Dosagem recomendada: conforme receita ou 5gr de fermento caseiro para cada 120gr de farinha.

Quando confeccionares esta receita,
partilha connosco o resultado 😍
Para podermos ver, identifica-nos:

@pastelaria.online no INSTAGRAM
@escola.pastelaria no FACEBOOK

Beijinho doce e Bons Bolos 

Referências:

Wikipédia Cream of Tartar

Wikipédia Baking Powder

Wikipédia Baking Soda

Receitas no teu email?

Subscreve a nossa newsletter e recebe todas as novidades quando ainda estão quentinhas.

Ocorreu um erro ao realizar a tua inscrição, por favor tenta novamente.
A tua assinatura foi realizada com sucesso.


Aceita a utilização de cookies e concorda com a política de privacidade deste site?