tarte-cheesecake-lima-limao

Tarte Cheesecake Lima Limão

PARTILHAR :

Share on facebook
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

IR PARA :

Tarte Cheesecake Lima Limão combina: natas, leite condensado e queijo mascarpone com os aromas cítricos da lima e do limão, sobre uma crocante cama de bolacha digestiva numa sobremesa fresca perfeita! 

tarte de cheesecake

As sobremesas sem forno de Agosto: Take 2

O forno continua de folga e esta é outra receita que poderás fazer com pouco equipamento e em qualquer parte, até de férias se for essa a tua vontade 😉  Se só agora aqui chegaste fica a saber que demos folga ao forno em Agosto e todas as nossas receitas, este mês, dispensam esse equipamento! Afinal, é para muitos de nós período de férias, os dias estão quentes e apetece-nos simplificar na cozinha confeccionando sobremesas mais rápidas e frescas, mas igualmente deliciosas. Descobre aqui – Sobremesas Sem Forno – a nossa lista de receitas que não precisam de forno. 

Tarte Cheesecake Lima Limão

Tarte Cheesecake Lima Limão porque sim! Para mim! 😁  Muitos dos meus dias são passados a criar receitas, ou a confeccionar receitas a pedido, a desejo de outros. Como gosto de muitos sabores, fico feliz com a grande maioria dessas escolhas, mas gosto de sabores cítricos, aliás A.D.O.R.O sabores cítricos! Lima, limão, laranja, yuzu… e andava cheia de saudades de comer um doce com um sabor bem forte, bem presente de limão ou lima.

No frigorifico estava uma embalagem de queijo mascarpone a pedir com urgência para ser gasta e muito rapidamente na minha cabeça se construiu esta tarte cheesecake lima limão. Um creme fresco e leve, que contrasta com o sabor forte dum curd de lima e limão numa cama de bolacha: oh! perfeição!

Cheesecake: O que é?

Numa tradução directa quer dizer bolo de queijo: Cheese – Queijo Cake – Bolo, e queijo é algo que já existe entre nós há muitos séculos, bem como a sua utilização na culinária. Calcula-se que já se confeccionem cheesecakes na Europa desde o século XV, embora com diferentes tipos de queijo conforme os costumes e hábitos de cada país.

Assim, enquanto que na Alemanha é comum utilizar-se o queijo quark, na Itália ganha em popularidade o queijo ricotta e se viajarmos até aos Estados Unidos da América o queridinho é o queijo creme.

Também a forma de confeccionar o cheesecake varia existindo três que são as mais comuns:

  • Cozido: talvez a versão mais tradicional, em que o cheesecake é confeccionado com ovos, aqui essenciais para que o cheesecake solidifique, e cozinhado em forno brando. Este é um tipo de cheesecake rico e denso, exemplo perfeito é o New York Cheesecake.
  • Com gelatina: de textura leve e arejada, solidifica pela acção da gelatina na confecção, e não requer qualquer tipo de cozedura.
  • Refrigerado: este é o tipo de cheesecake mais fácil de confeccionar de todos! É só misturar os ingredientes, na ordem certa, e refrigerar idealmente 8 a 10 horas pois é assim que solidifica. Estes cheesecakes não são tão leves como os confeccionados com gelatina, mas também não são tão densos como os cozinhados. Situam-se algures pelo meio, são excelentes opções para trabalhar sabores cítricos, e é este método a nossa escolha de hoje.       

Tradicionalmente a base dos cheesecakes é bolacha triturada, sendo a bolacha digestiva a que mais se utiliza para esta sobremesa, misturada com manteiga. A quantidade de manteiga pode variar, consoante a quantidade de gordura que a bolacha escolhida contém e é por isso recomendado que se deixe um pouco de gordura de parte e só utilizar a totalidade, ou mais, se a mistura assim o exigir.

Cheesecake: Qual o melhor queijo?

Sendo esta uma sobremesa de queijo, é importante perceber quais os tipos de queijo e as diferenças de comportamento entre si, para que a escolha seja a mais acertada consoante o tipo de cheesecake que escolhemos confeccionar.

Queijo Creme – é o tipo de queijo mais fácil de adquirir pois existe em todos os supermercados e de diferentes marcas. É um queijo fresco, cremoso e leve, que deve estar à temperatura ambiente no momento em que vai ser trabalhado para ser mais fácil de misturar com os restantes ingredientes e para que não se formem grumos no creme. É a melhor escolha, quando o cheesecake é cozido e precisa de ovo.

Queijo Mascarpone – é também um queijo cremoso e leve, mas ligeiramente mais doce que o queijo creme. É muito utilizado em sobremesas, obrigatório no Tiramisù e perfeito para o tipo de cheesecakes refrigerados. (em que se mistura com natas)

Queijo Ricotta – que na versão portuguesa e um pouco mais salgada é o requeijão – não é na verdade um queijo e sim um sub-produto uma vez que é obtido do soro do leite e pela sua textura deve ser muito bem batido para que o resultado final seja um cheesecake cremoso. É muito utilizado nos cheesecakes de origem Italiana.

Queijo Quark – é um tipo de queijo fresco mas muito cremoso e levemente ácido. Muito popular na Alemanha, que quando utilizado na confecção de cheesecakes lhes dá uma certa frescura. É de todos, o queijo menos calórico.   

Tarte Cheesecake Lima Limão: a receita escolhida

Agora que já percebemos quais os ingredientes e como se comportam entre si na confecção do cheesecake, torna-se fácil de perceber o motivo da minha escolha para hoje 😉  No frigorifico tinha uma embalagem de queijo mascarpone, o forno está de folga, sabores cítricos e ácidos eram requisito obrigatório, e o que vai bem com isto tudo? Um cheesecake do tipo refrigerado.

Vamos lá então inventar um cheesecake! 

A receita de Tarte Cheesecake Lima Limão, que partilho convosco hoje, que é para mim a combinação perfeita do doce leve e cremoso, mas com a intensidade da lima e do limão no ponto certo, numa cama de biscoito crocante que se desfaz na boca assim que a trincamos! É tudo aquilo que me estava a apetecer! 

Sem mais demora, aqui fica a receita🧡

Video: Tarte Cheesecake Lima Limão

Reproduzir vídeo

Receita de Tarte Cheesecake Lima Limão

Preparação:

15 minutos

Rendimento:

16 fatias

pronto em:

45m + 4h refrigeração

Ingredientes:

Base:

  • 275gr Bolachas Digestivas
  • 140gr Manteiga 

Curd:

  • 100gr Açúcar fino *(ver notas)
  • 2 Limões:
    • 60ml de sumo de limão
    • raspa dos dois limões
  • 1 Lima:
    • 25ml de sumo de lima
    • raspa de 1 lima
  • 1 Ovo
  • 3 Gemas – Encontra aqui: Receitas como gastar as claras que sobram
  • 100gr Manteiga à temperatura ambiente (“pomada”)

Recheio:

  • 200ml Natas
  • 270gr Leite condensado
  • 200gr Queijo mascarpone
  • 100ml Sumo lima (utilizei 4 limas)

*Para esta receita é necessária uma tarteira com 23cm de diâmetro de fundo amovível. 

Como Fazer:

Base:

  1. Triturar finamente as bolachas digestivas
  2. Derreter a manteiga sem deixar ferver.
  3. Misturar muito bem a bolacha triturada com a manteiga derretida.
  4. Colocar na tarteira e fazer pressão para que se construa uma “parede” toda em volta e também na base. Trabalhar bem a aresta (união da base com a lateral) pressionando para que fique com uma camada igual em toda a tarte.
  5.  Levar ao frigorifico cerca de 30 minutos. (tempo de trabalhar os restantes elementos)

 

Curd:

  1. Colocar o açúcar num tacho, adicionar o sumo de limão, o sumo de lima, as raspas e aquecer até dissolver o açúcar. (vai ferver)
  2. Colocar o ovo e a gema numa taça, mexer levemente só para uniformizar e preparar um coador. Quando o açúcar estiver dissolvido, temperar os ovos, coando a calda.
  3. Levar esta mistura novamente ao lume e mexer até engrossar.
  4. Depois de pronto, coar de imediato novamente para eliminar qualquer grumo, ou clara que tenha cozido.
  5. Adicionar a manteiga em pequenos pedaços e misturar até homogéneo.  
  6. Colocar num tabuleiro para que arrefeça, coberto com película aderente.

 

Recheio:

  1. Bater as natas até que fiquem firmes.
  2. Bater o queijo mascarpone só até que fique cremoso.
  3. Adicionar o leite condensado em fio, ao queijo mascarpone cremoso, sempre a bater e só até que fique incorporado.
  4. Adicionar a esta mistura o sumo de lima e misturar até que fique um creme homogéneo.
  5. Por fim, envolver as natas com suavidade em 3 inclusões.

Montagem:

  1. Retirar um pouco do curd de lima, limão e colocar num saco de pasteleiro com boquilha lisa n.6. 
  2. Colocar o restante curd na base da tarte e espalhar uniformemente.
  3. Por fim, colocar o creme de queijo, espalhar e alisar com uma espátula.
  4. Como acabamento, fazer pontos em toda a volta, em 3 ou 4 linhas. Finalizar com ajuda dum palito, passando ao centro dos pontos, para assim deixar rasto.
  5. Para desenformar, passar a ponta duma faca afiada em toda a volta, posicionar em cima duma taça ou recipiente que permita fazer pressão sem desequilibrar e com ajuda duma espátula, retirar o fundo amovível e colocar num prato de servir. 

Notas:

  • açúcar fino para curd – o açúcar fino dissolve mais rapidamente e é por este motivo que o escolho para muitas preparações culinárias. Caso só tenhas açúcar cristal comum, certifica que fica bem dissolvido, mas podes utilizar sem qualquer prejuízo no resultado final na receita.

Quando confeccionares esta receita,
partilha connosco o resultado 😍
Para podermos ver, identifica-nos:

@pastelaria.online no INSTAGRAM
@escola.pastelaria no FACEBOOK

Beijinho doce e Bons Bolos 

Encontra aqui as nossas receitas de sobremesas sem forno. Simples e rápidas, mas igualmente saborosas: Sobremesas sem forno

Referências:

Wikipédia:

Yuzu (fruto)  

Queijo Quark

Queijo Ricotta

Receitas no teu email?

Subscreve a nossa newsletter e recebe todas as novidades quando ainda estão quentinhas.

Ocorreu um erro ao realizar a tua inscrição, por favor tenta novamente.
A tua assinatura foi realizada com sucesso.


Aceita a utilização de cookies e concorda com a política de privacidade deste site?