Gelado de Baunilha

Gelado de Baunilha

PARTILHAR :

Share on facebook
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

IR PARA :

A partir do momento em que aprendemos como fazer gelado caseiro abre-se um novo mundo de possibilidades e sabores. Pode servir-se simples e só assim deliciar-nos, mas também tem o poder de transformar uma sobremesa quando apresentado como complemento regado com o molho que une o prato todo. 

O gelado caseiro de baunilha, é um desses gelados que vai bem simples, mas também vai muito bem acompanhado e é um must have no meu caderno de receitas porque além de delicioso, é rápido de fazer e tem o super poder de transformar uma sobremesa banal, numa sobremesa que além de deliciosa é linda de se ver! E eu A.D.O.R.O. sobremesas que conseguem ter tanto de lindas como de deliciosas 😇       

Gelado baunilha com chocolate

Como fazer Gelado de Baunilha

Fazer gelados é tão simples e o resultado é tão, mas tão deliciosamente bom! Sobretudo quando falamos de gelados de fruta como estes Picolés de Morango ou de gelados de leite ou nata, como o que vamos fazer hoje, que é a versão simples e rápida que utilizo frequentemente para ter gelado que tanto sirvo simples como um pouco mais complexo, como iremos ver por aqui por estes dias 😉

A base é idêntica à do Creme de Pasteleiro, quer nos ingredientes, quer no modo de confecção e é por isso que é considerado por muitos como um parente próximo e apelidado de gelado de creme ou custard base ice cream. 

Os ingredientes necessários à sua confecção, é quase garantido que já moram aí em casa pois são ingredientes que utilizamos com muita frequência nas nossas sobremesas: natas, leite gordo, gemas, açúcar e baunilha. Há um ingrediente de uso menos frequente, que é o xarope de glucose, mas que caso não tenham omitam da receita, ou substituam por leite em pó pois ambos têm a mesma função: impedem a formação de cristais de gelo o que nos deixa com um gelado mais cremoso.    

A confecção deste tipo de gelado caseiro de nata e leite é muito simples, mas requer máquina de gelados, ou sorveteira (a minha já tem alguns anos e é do mais simples e básico que existe no mercado, tem uma cuba de 1,6l e custou 19€) e tem um ponto crítico ao qual devemos prestar atenção.

Quando cozemos a base e a deixamos engrossar, não devemos deixar que ferva, não devendo passar os 80ºC (se tiveres termómetro de cozinha, utiliza-o e garante que não passa esta temperatura) ou a base talha e a mistura separa. Esta é a fase que requer atenção: quando começa a querer levantar fervura deves testar nas costas da colher que deve ficar com uma cobertura de creme, como que uma capa que ao passar o dedo deve deixar uma linha aberta.

Assim que estiver pronto, deve ser retirado do lume de imediato, coado e colocado num banho de gelo até que arrefeça para ir para o frigorífico onde no mínimo deve ficar 4h, mas que idealmente fica 12h o que permite às proteínas presentes no creme “inchar” fundido-se com a água presente, eliminando-a, processo que potencia a cremosidade, corpo e textura do gelado.

Se a primeira etapa for respeitada, a sorveteira fará a segunda, que é incorporar ar à base de gelado e o resultado final é um gelado cremoso, com corpo e textura aveludada. Um sucesso garantido 😁

E é esta a receita de hoje: gelado caseiro de baunilha, com nata e leite e muito! muito! cremoso. Perfeito como sobremesa ou gulodice por si só, mas igualmente delicioso quando servido como acompanhamento em outras sobremesas como fiz aqui: Sobremesa Empratada: Chegada do Outono.

Video: Gelado de Baunilha

Reproduzir vídeo

Receita de Gelado de Baunilha

Preparação:

5 minutos

Rendimento:

450gr aprox.

pronto em:

30m + tempo de descanso e congelação (1 dia)

Ingredientes:
 
Nota: Para a correcta realização desta receita é necessária a sorveteira. A cuba deve ter um mínimo de 24h de congelação.

Como Fazer:

  1. Colocar o xarope de glucose, natas, leite e baunilha no tacho e levar a lume brando até levantar fervura.
  2. Entretanto, com uma vara de arames ou fouet, bater muito bem as gemas com açúcar até que fique um creme bem fofo e claro.
  3. Assim que o leite levantar fervura, temperar as gemas colocando só um pouco do leite quente e misturando sem parar. Adicionar ao restante leite e levar a lume brando para engrossar.
  4. Mexer sempre e quando o creme cobrir as costas da colher, retirar do lume e coar de imediato.
  5. Colocar num banho de gelo (taça com água fria e algumas pedras de gelo) até que fique frio.
  6. Levar ao frigorifico no mínimo 4h, idealmente durante 12 a 24h o que ajudará a tornar o gelado mais cremoso. 
  7. Colocar a cuba da sorveteira a funcionar e verter o creme. Deixar durante 15 a 20 minutos para que incorpore ar e torne o gelado cremoso. 
  8. Colocar num recipiente e levar ao congelador por 4h. Retirar alguns minutos antes de servir.

Quando confeccionares esta receita,
partilha connosco o resultado 😍
Para podermos ver, identifica-nos:

#pastelariaonline no INSTAGRAM
@escola.pastelaria no FACEBOOK

Beijinho doce e Bons Bolos 🧁

Referências:

Descobri que fazer gelados caseiros é super fácil à cerca de 5 anos com o livro da Rita Nascimento: A Vida Secreta dos Gelados Caseiros. Se tal como eu gostas de gelados, este é um livro que vais querer ter 😉

Informação Adicional:

Exemplos de máquinas de gelados:

 

Onde comprar: 

Xarope de Glucose

Pasta de Baunilha

Receitas no teu email?

Subscreve a nossa newsletter e recebe todas as novidades quando ainda estão quentinhas.

Ocorreu um erro ao realizar a tua inscrição, por favor tenta novamente.
A tua assinatura foi realizada com sucesso.


Aceita a utilização de cookies e concorda com a política de privacidade deste site?